quarta-feira, 20 de julho de 2011

COMO IDENTIFICAR UM ILUMINADO - HOW TO IDENTIFY AN ENLIGHTED PERSON


Você seria capaz de reconhecer um iluminado caso se deparasse com um ? Já pensou que pode haver iluminados próximos a você, talvez, na mesma rua, bairro, cidade ou país? Mas, como reconhecê-los? Existe algum “critério infalível” que  permita reconhecê-los? Será que os autointitulados iluminados o são realmente? Será que todos os iluminados tem grandes missões no mundo assim como Buda, Cristo e outros mais? Vamos analisar estas questões?

Primeiramente, é importante definir o que se entende por "Iluminado". Iluminado. é aquele indivíduo liberto de todas ilusões que geram o sofrimento. É a pessoa que sabe diferenciar o que é verdadeiro do que é falso, que "despertou", livrou-se do sono da ignorância e ilusão . É aquele que acordou para a Verdade e não vive mais de enganos, ou mentiras. Alguém liberto da dor psicológica e do desejo de ser, não ser, ou vir-a-ser. Vive na Eternidade, na dimensão do Desconhecido, do Atemporal, além das limitações do pensamento  e da prisão do EGO.

A imagem que geralmente se tem de um iluminado é a de uma pessoa desapegada, calma, serena- às vezes até indiferente às dores do mundo. Alguém que atingiu a perfeição e que venceu os vícios e fraquezas humanas. Mas, pode ser que o Iluminado não se encaixe em nenhuma das nossas classificações mentais ou convenções sociais.  Na verdade, tudo isso são imagens estereotipadas, criadas por nossos desejos e idealizações. Estas imagens,  podem ser fantasiosas e , em alguns casos, podem não corresponder à realidade.

JESUS MEDITANDO
Começando por Jesus Cristo, percebe-se que ele era, aparentemente, uma pessoa absolutamente comum. Seria muito difícil- para não dizer impossível- que alguém conseguisse identificá-lo como um grande Avatar. Não havia sinais externos. A Bíblia nos informa que "nem mesmo seus irmãos criam nele” (João 7:5 ) .Ou seja,  nem mesmo as pessoas mais íntimas , que conviveram com ele, viram algum sinal que o identificasse como um ser superior. Além disso, Jesus vivenciou em sua vida terrena, muitas características humanas consideradas “imperfeitas” tais como raiva, tristeza, solidão, dor, sede, fome, angústia etc. Enfim, dificilmente Jesus se encaixaria em qualquer imagem estereotipada do  iluminado tradicional.

Sidarta Gautama - o Buda- talvez seja o iluminado que mais se aproxima de sua própria  imagem mítica. Isso se deve, provavelmente, por sua postura meditativa e serena . Todavia, há uma resistência à ideia de que Buda poderia ter manifestado quaisquer defeitos humanos - após seu despertar. Como se em um simples click, ele tivesse se tornado um ser "perfeito". Essa noção fortalece o mito – que muito interessa às religiões organizadas- de que seus mestres e fundadores eram divinos. Afinal, não se coloca fé no que é humano, mas apenas no que é  celestial.
Buda vivido por Keanu Reaves

Mas, obviamente o mito não é o real. Buda era uma pessoa comum e não deixou de sê-lo após sua iluminação. Muita gente tenta torná-lo uma espécie de deus, mas ele mesmo se afirmava tão humano quanto qualquer outro. Ou tão divino quanto todos os seres humanos. A diferença talvez esteja no grau de consciência acerca desta verdade.  Considerar Sidarta um ser além de todos os defeitos humanos é destruir o cerne do seu próprio ensinamento  : provar que todas as pessoas são budas em potencial . Se ninguém pode se tornar o que ele se tornou, nem alcançar o que ele alcançou então qual é o sentido de sua vida ? Mas se já todos já são "budas" em potencial então tudo muda. Mas esta ideia não parece agradar às igrejas, nem às organizações religiosas. Se todos já são " budas", por que haverão de ir às igrejas? Por que haverão de seguir os monges, padres e os lamas? Talvez porque seguir seja mais fácil do que "descobrir" por si mesmo. Muitos se refugiam na imagem estereotipada do salvador como forma de amenizar a dor, alcançar uma graça ou resolver algum problema. Mas Buda ensinou que o refúgio está dentro de cada um de nós. E que a libertação não está nas religiões, nem nos livros, nem nas orações, nem nos gurus,  mas na compreensão  da Verdade acerca da vida e de si mesmo.

 O fato é que não existem elementos suficientes para analisar  a exatidão de tudo o que se diz sobre Jesus e Buda. Muitos creem baseado apenas na autoridade das religiões e tradições . Mas o próprio Buda alertou contra a fé cega. Ensinou que ninguém deveria crer em algo baseado apenas  na fé das tradições, nem no testemunho de sábios antigos, nem em coisa alguma só porque foi dita e repetida por muita gente. Ou seja, a crença deve ser considerada apenas como uma crença. E a verdade como verdade. E o fato é que não há como atestar se uma crença é verdadeira ou não. Do contrário, não seria crença. Mas, isso não significa que seja proibido fazer conjecturas,  levantar hipóteses ou dar opiniões. Afinal, a crença é algo muito pessoal, íntimo e subjetivo.

Se não é possível analisar com profundidade os grandes iluminados do passado, resta-nos sondar a vida e a obra de iluminados contemporâneos.  Alguns destes budas modernos, tiveram a vida, obra e atitudes amplamente registradas. Isso   confere maior exatidão, possibilitando uma análise imparcial sobre mitos e verdades acerca dos mesmos.
Veja abaixo alguns mitos e verdades sobre os iluminados :

·        Todo iluminado é pobre .
Mito. Por definição o iluminado não tem apegos nem ao luxo nem à pobreza. Pode ser extremamente pobre como Ramakrishna e Ramana Maharshi. Pode levar uma vida modesta e confortável, de classe média, como Lahíri Mahasaya e Sri. Yuktéswar. Ou levar uma vida de classe média alta, como Krishnamurti.  Este último,  apesar de gostar de carros , morar em casas bonitas, usar roupas elegantes e frequentar bons restaurantes, dizia-se não considerar-se dono dessas coisas. Não andava com dinheiro e costumava dizer que tudo que precisava era um lugar para dormir, roupas para usar e comida para se alimentar.

·        O Iluminado não tem vícios, desejos, nem defeitos.
Nisargadatta Maharaj
Mito. O vício está ligado ao corpo. Sri. Nisargadatta Maharaj fumava e  comia carne – um hábito considerado pecado mortal pelos conservadores hindus. Krishnamurti, apesar de não ser hindu, era vegetariano, não fumava e não bebia. Todavia, seus desejos carnais o levou a um relacionamento amoroso com  Rosalind Willians Raja Gopal- esposa de seu secretário particular. Isso foi revelado em um livro lançado pela filha de Raja Gopal , Radha Sloss “Lives in the Shadow With J. Krishnamurti”- ainda sem tradução para o português. Este fato não foi desmentido nem por sua  biógrafa, Emily Lutiens, nem pelas Fundações que o representam. Não vejo isso como motivo de escândalo. Pelo contrário, fiquei satisfeito em saber  sobre seus defeitos e deslizes o que lhe confere uma humanidade que o torna igual a nós.Saber que ele era humano e que apesar disso conseguiu a Libertação, serve de motivação para que cada um a busque também. Além disso, está coerente com seus ensinamentos, pois nunca pregou a castidade, nem a repressão ou controle dos desejos . K quebrou o mito do iluminado "infalível", “celestial”, ou “moralmente perfeito”. É bom saber que eles também passam por um processo de desenvolvimento e maturação, como todo ser humano .  Além do mais, K. nunca se arvorou em santo, ou casto ou qualquer outra coisa.  Ele afirmava que  não importava quem era o orador, e sim se o que ele ensinava era verdadeiro ou não. 

Ramakrishna e Sarada Devi
·        O iluminado deve levar uma vida casta e renunciada.
Mito. Lahiri Mahasaya era casado, pai de família e chegou a ter dois filhos. Trabalhava como contador para sustentar sua família e continuou casado até a morte. Ramakrishna também era casado com Sarada Devi.

·        O iluminado não tem emoções humanas, não hesita e não se abala com nada.
Falso. Conta-se que Sri Yukteswar chorou muito quando Yogananda viajou para a América. Jesus agonizou no jardim do Getsêmani, pedindo ao pai para afastar o cálice, símbolo de sua paixão e morte. É dito também que ele chorou sobre Jerusalém. Krishnamurti demonstrava com uma certa frequência, impaciência e irritação em público.  E, mesmo Babaji- o cristo yogue da Índia- hesitou. Conta-se que ele manifestou o desejo de despojar-se de sua manifestação carnal e pediu a opinião de sua irmã Mataji, esta aconselhou-o a nunca deixar sua forma humana. E assim, ele prometeu fazê-lo – fato descrito  no livro Autobiografia de um Yogue.

·        O iluminado sabe de tudo.
Outro grave erro. O iluminado sabe de tudo acerca das ilusões da mente , da libertação e da compreensão da Verdade. Mas, não sabe "tudo". Certa vez Krishnamurti estava no Brasil e alguém da plateia perguntou-lhe acerca de seu próprio futuro. K. respondeu que não era adivinho. É importante compreender que o iluminado não tem a posse e controle de seus poderes.Talvez haja casos  específico em que a intuição do iluminado se amplie fazendo-o perceber coisas extra-físicas. Mas, estes casos são raros. É preciso lembrar que nem mesmo Jesus se considerava dono de seus poderes. Tudo vinha do Pai, de acordo com suas próprias palavras.

Babaji
·        O iluminado tem poderes.
Em tese sim, mas nem sempre e não necessariamente. Na literatura budista não há um só caso de milagres atribuído a Buda. Nem por isso ele deixou de ser iluminado. Ramana também  não fazia milagres. Jesus fez muitos milagres. Mas, entende-se que no caso dele, tinha a ver com a particularidade de sua missão. Krishnamurti tinha poderes de cura, mas raramente os usava e evitava comentar sobre isso. Vários de seus amigos e conhecidos mais próximos testemunharam casos de curas atribuídas a K. Diziam que, na juventude, ele lia cartas antes de serem abertas, percebia auras e ainda tinha poderes de telepatia. Lahiri Mahasaya fez vários milagres ao longo de sua vida, curou doenças graves, ressuscitou mortos, apareceu em dois lugares ao mesmo tempo e outros grandes feitos. Assim também, aconteceu com Sri Yukteswar. E Babaji é , em si mesmo, um grande milagre, pois  se diz que ele é imortal e não há limites para os seus poderes. Tudo isso foi descrito por Yogananda no livro Autobiografia de um Yogue.

·        O iluminado não sonha .
Verdade. Por definição, o iluminado extinguiu a barreira entre o consciente e o inconsciente. Tudo nele é consciência, não havendo, pois, necessidade de sonhar. Em geral eles dormem pouco e vivem a maior parte do tempo em meditação. Krishnamurti descreve em seu diário que costumava  “experimentar certos estados interiores ocorridos durante o sono” (DK-13). Lahiri Mahasaya dormia muito pouco, vivia quase que constantemente em samadhi ou consciência desperta.Ram Gopal Muzumdar não dormia, estava sempre "desperto em Deus"(AI)

·        Manifestação da Ananda ou Bem-aventurança.
Verdadeiro. Esse é um dos critérios mais convincentes sobre a iluminação: a manifestação da Ananda ou Êxtases. Grandes místicos cristãos, tais como Francisco de Assis e Tereza de Neumann, tiveram profundos êxtases místicos. Krishnamurti também. Em que difere os êxtases de K. de um santo cristão ou iogue hindu? Essencialmente em nada. A não ser em alguns elementos simbólicos da cultura e tradição nas quais estavam inseridos. Destarte, Francisco de Assis, por ser cristão,  revivia a paixão de Cristo que se manifestou através das chagas. Assim também acontecia com Tereza de Neumann, a estigmatizada católica (AI-394).Um hindu provavelmente teria visões de Krishna ou algum outro avatar. Mas a profundidade e a intensidade dos êxtases eram muito parecidos – senão similares. Foi Sri. Yuktéswar quem revelou a importância deste critério na identificação do estado búdico .  Yogananda perguntou-lhe quando ele -Yogananda- iria encontrar Deus, seu mestre respondeu: “Pode-se adquirir o poder de controlar o universo inteiro e, no entanto, descobrir que Deus se esquiva. O progresso espiritual não é medido pela exibição de poderes externos, mas apenas pela profundeza da bem-aventurança alcançada em meditação”.
Sri Yukteswar e Yogananda

Por fim, como poderemos identificar um iluminado se não há sinais externos visíveis comprobatórios e definitivos? Jesus disse que pelos frutos é que se conhece a árvore. Mas também alertou contra os falsos profetas que iria, se possível, enganar até mesmo os eleitos. E hoje em dia, há muita mistificação e muitos Avatares fabricados. Nesta selva de enganação, exploração e  ilusão, resta-nos sempre usar o bom-senso, a inteligência e a sabedoria para tentarmos identificar os verdadeiros iluminados pois eles, em geral, são reclusos e nunca anunciam quem verdadeiramente são- a não ser por uma missão muito específica ou para atender uma ordem superior. Basta lembrar de Babaji que vive em reclusão e anonimato há séculos ou até milênios . Se não fosse  por Yogananda , o mundo não saberia de sua existência. 

Mas, para que as pessoas querem encontrar iluminados? Seria para solucionar problemas e conflitos? Seria para realizar os desejos? Mas será que o iluminado pode lhe dar a paz que tanto procuras? O Iluminado nada pode fazer por você que você não possa fazer por si mesmo. Quantos pessoas não foram discípulas de Lahiri Mahasaya, Sri Yukteswar e Yogananda e quantos realmente alcançaram a iluminação? Quantas pessoas conviveram intimamente com Cristo, Buda e Krishnamurti e quantas foram realmente transformadas? Esses seres são pura luz e amor, mas se nossas portas estiverem fechadas de nada valerá encontrá-los. E eles não forçam a porta do seu coração. Eles batem, se você abrir eles entram com a luz dos seus ensinamentos. Essa luz é que liberta. Não o seguir, não o adorar, mas o viver realmente aquilo que eles ensinam.

Mas, o problema é que há tantas pessoas se autointitulando iluminados que fica muito difícil . Por isso que Krishnamurti foi tão insistente em sua guerra contra os gurus. Ele sabia que a Iluminação não depende dos gurus. Se fosse assim, coitados daqueles que não tem dinheiro para viajar para a Índia, o celeiro dos grandes "iluminados". Independente disso, todos os mestres sempre foram unânimes em dizer : quando o discípulo está pronto o mestre aparece. Não há necessidade de encontrá-los fisicamente. Qualquer coisa pode lhe dá uma luz, um insight, quando você estiver pronto. Pode ser um livro,  a vida, a natureza, a família, os amigos, um acontecimento... qualquer coisa.


Lembro-me que Buda não teve guru, Cristo não teve guru, Krishnamurti não teve guru, nem Ramana o teve . Isso não implica dizer, que  não existam os verdadeiros mestres. Nem que não seja  bom encontrá-los. Mas eles não são essenciais ao seu despertar. Eles não podem despertá-lo por você. Somente você pode fazer isso e ninguém mais. Abaixo descrevo algumas características que podem ajudar na identificação dos verdadeiros iluminados:

  O Verdadeiro Iluminado :

·        É desapegado, uma vez que ele não está escravizado ao ego, ao tempo, aos pensamentos auto-centrados e separatistas. Mas este desapego é interno e talvez não seja percebido através de sinais externos.

·        Não se abala com ter ou não ter desejos biológicos ou carnais. O que ele não tem é o desejo mental ou psicológico. Pode viver uma vida completamente normal, pois sua liberdade é interior e ele não precisa prová-la pra ninguém.

·        Pode ter discípulos ou não. Tanto faz . Depende muito de sua missão particular no mundo. Todavia, o verdadeiro iluminado não anda à caça de discípulos, não se angustia por não tê-los, nem anda por aí se autopromovendo.

·        Pode manifestar ou não poderes (siddis) .  Ele nem deseja tê-los, nem deseja não tê-los. Mas, quando se manifestam eles evitam os aplausos e as demonstrações públicas. Os poderes são vistos como manifestações de algo superior e por isso não se vangloriam, nem os usam pra fins pessoais.

·        Vive completamente no aqui-agora, uma vez que o futuro, o presente e o passado são relatividades do mundo da mente condicionada, do qual o iluminado está liberto.

·        Em geral , é humilde, e evita reconhecer a si mesmo como um sábio. Não tem arrogância por seu conhecimento, nem manifesta a detestável falsa humildade. Como dizia Lao Tsé: "o sábio cala, quem fala não sabe". Vive em um eterno aprendizado,  ensina baseado em sua própria experiência e percepção direta . Pode ser um orador – como Krishnamurti. Ou falar pouco, como  Lahiri Mahasaya e Ramana Maharshi.

Para finalizar, penso que bom senso e caldo de galinha não fazem mal a ninguém. Você  é o seu mestre. Cristo, a Verdade ou a Luz estão dentro de nós. E devemos nos guiar por ele sempre. Nem sempre os iluminados se tornam lideres espirituais ou gurus. Talvez, sua missão, naquele momento específico seja ficar anônimo. Podem atuar nas áreas da educação, medicina, física, arte… ou podem simplesmente ser seu vizinho ou colega de trabalho. Há um provérbio hindu que diz que apenas um médico pode reconhecer outro médico. Referindo-se ao fato de que apenas um iluminado pode reconhecer outro iluminado. Como um cego pode saber se o outro enxerga? Recuperando sua própria visão não? Sendo assim, o primeiro passo é iluminar-se, encontrar sua própria luz . Enxergar as coisas como elas são. Só então o indivíduo se torna capaz de perceber quem é Iluminado ou não. E então concluirá que essa questão não é assim, lá, tão importante!


Muito Obrigado!

Autor : ALSIBAR (inspirado)


http://alsibar.blosgpot.com
MSN: alsibar1@hotmail.com

Obs: Pode ser copiado integralmente, desde  que, informe-se a fonte.
Referências:
 (DK) – Diário de Krishnamurti – J. Krishnamurti ,Cultrix – São Paulo    
 (AI) – Autobiografia de um Iogue – Paramahansa Yogananda – Self  Realization Fellowship, 2009.
Lives in the Shadow With J. Krishnamurti - Radha Sloss
Você pode baixar gratuitamente o livro em que Mary Lutiens comenta as revelações do livro de Radha Sloss em:

http://www.4shared.com/document/cXxZc_FS/Mary_Lutyens_-_Krishnamurti_an.htm

92 comentários:

  1. Navegando encontrei seu blog. Estou admirada e contente pela possibilidade de descobrir ou permanecer na Verdade. Iluminada ou não o visitarei mais vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, o blog do Sr.Alsibar só serve para promover seus cursos e palestras, ele usou todos os iluminados do mundo para se auto-promover, coisa de jornalista. Ele mesmo não é iluminado, o dia que ele se tornar, ele vai poder falar por si próprio, e não viver em tamanha insegurança, dependendo das bengalas de iluminados de verdade. O senhor Alsibar é muito jovem, e estes arroubos da juventude, de querer provar tudo e ensinar a todos, me parece mais coisa de adolescente. A minha dica é: procurem livros dos autores que ele cita e tirem suas próprias opiniões. As informações contidas neste Blog, não são confiáveis, e tem inúmeras interferências do próprio autor do Blog.

      Excluir
    2. Ola, "Consciência Cósmica" tudo bem?

      Estranho vc se colocar como uma " consciência cósmica" e ao mesmo tempo tecer ataques pessoais contra mim sem ao menos me conhecer. Percebe-se, pelas suas falas, que deves fazer parte do rol dos exploradores do povo, como os tais gurus , "mestres" e canalizadores de araque que impestam a internet com um único objetivo: ganhar dinheiro. E ainda com ameaças? Você nem me conhece, como pode falar alguma coisa sobre mim? Suas críticas sobre minhas opiniões e visões serão aceitas pois não me considero o dono da verdade- o que não parece ser o seu caso. Seus comentários com ameaças e ataques pessoais serão deletados com o objetivo de manter o nível do diálogo e debates dentro do campo das ideias.
      Espero que sua consciência realmente desperte um dia, pois até agora, suas atitudes não demonstraram nada de bom senso, nem de tolerância, tampouco de sabedoria cósmica.

      Paz e Luz pra vc e talvez uma boa terapia- que certamente estás precisando.

      Excluir
    3. o que houve iluminado alsibar a verdade doeu ? em um iluminado ou o iluminado é a verdade

      Excluir
  2. "(...) Mas, porque queremos tanto encontrar um iluminado? Não seria importante analisarmos essa ânsia, essa angústia, esse desejo de encontrá-los, como se eles fossem solucionar nossos problemas e nos dar a paz que tanto precisamos? O Iluminado nada pode fazer por você que você não possa fazer por si mesmo(...)". Bingo!!! fantástico!!! Agradeço o texto!!!! fantástica e original exposição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Lobo, o importante não é encontrá-lo e sim identificá-lo... Só pode identificar aquele que se assemelha a ele... Agora imagina um terapeuta psicanalista como sendo uma pessoa iluminado... Uma única palavra de um psicanalista iluminado pode curar a ânsia, angústia e desejo de um analisando, por ser um profundo conhecedor dos sintomas de nossa alma.
      Não importa como são expressadas as palavras com símbolos e/ou sem símbolos, o objetivo é único... "A cura pela palavra" e/ou "A cura pelo AMOR".

      Excluir
  3. Acredito sim que devemos encontrar a luz em nós mesmos, porém, a grande maioria das tradições espirituais insiste na necessidade de um mestre realizado que mostre esse caminho. De que forma podemos encontrar a luz em nós mesmos se estamos em ilusão, agindo e pensando na maior parte do tempo com nosso ego? Na condiçao em que estamos ,não é possível fazer isso sozinho, devemos seguir instruções de uma pessoa realizada ou pelo menos que esteja mais evoluída espiritualmente que nós mesmos. Sozinhos somente daremos voltas em torno de nosso ego , pois nossa tendẽncia é de permanecer ao que nos é confortável, mesmo aqueles que buscam a espiritualidade, e é até compreensível, pois não é nada fácil quebrar as muralhas construídas com tanto esmero por nós mesmos. Não entendo alguém dizer "encontre o mestre em si mesmo", mas ao mesmo tempo estar ali instruindo... não faz muito sentido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gostei, de facto, precisamos dalguem que nos mostre o caminho

      Excluir
    2. Amigo, a instrução é exatamente essa:encontre o mestre em si mesmo. Somente um verdadeiro mestre poderia de fato, dar esta instrução.

      Excluir
    3. Quando estamos completamente perdidos é uma grande tolice tentar encontrar o caminho por “si mesmo” desprezando a ajuda daqueles que conhecem o caminho.
      Um autêntico Mestre não irá “carregá-lo” no Caminho, nem poderá e nem se prontificará a percorrer o Caminho por você, mas lhe indicará como alcançar o Mestre Interno, a Luz de Buddhi, que o guiará até a Mente Incondicionada. Que está tão profundamente enterrada em nossa psique que, mesmo em milhões de séculos não poderia ser encontrada pelo “eu psicológico” em que nos perdemos.

      Se fosse possível encontrar o Caminho por si mesmos, Jesus e Buddha não teriam se manifestado nem se esforçado tanto para nos “Despertar”.

      O doente que não reconhecer a sua própria doença e recusar-se a solicitar a ajuda de um “médico competente” é um grande tolo. Talvez se cure “sozinho”, mas é muito mais provável que morrerá depois de experimentar grande sofrimento com o avanço de sua doença.
      Namastê!

      Excluir
    4. Ola Adilson tudo bem?
      Os mestres são extremamente necessários- nunca disse que não seriam. Todavia, não é a presença física do mestre que salva ou liberta- como alguns gurus modernos pregam- e sim o seguir seus ensinamentos . Em geral, os verdadeiros mestres ensinam pelo exemplo e incentivam o discípulo a encontrar sua própria luz interior , ajudando-os a serem seres autônomos e livres seja do que for- inclusive deles mesmos.

      Fraterabraços!

      Excluir
    5. Perfeito, Alsibar.

      Agradeço por suas palavras de esclarecimento.

      Namastê!

      Excluir
  4. P.S : não é a toa que o significado da palavra GURU literalmente é "aquele que dissipa as trevas" . Se desde as eras sagradas enfatiza-se a necessidade do Mestre no avanço espiritual, imagine nessa era de Kali Yuga onde as dificuldades e a ignorância são muito maiores. Sabemos das realizações espontâneas, mas devemos levar em conta a benção divina e o mérito kármico pessoal, as quais não devemos ter como medida para nosso próprio caminho.

    ResponderExcluir
  5. concordo plenamente que jesus vive em nos e que ele nos guiara no momento em que abrimos as portas.
    se um guru tivesse o poder de iluminar alguem, paulo foi mais que um guru, então todos que o aprisionava, ele o iluminaria e se tornariam consientes de sua ignorancia, sob a lei divina....
    mas nao foi assim e nunca sera.
    para chegar a ser um iluminado, é nescessario uma força sobrenatural
    que não vem dos homens e sim de deus.......
    o caminho do iluminado é solitario.....onde ele tem que derrotar o seu pior inimigo
    o seu proprio eu

    ResponderExcluir
  6. Um iluminado não sonha? Acha mesmo que o sonho é algo onde tudo se liga com as coisas que são vividas na terra? Acha mesmo que tudo que acontece de sobre natural se liga com esquizofrenia ou traumas picológicos? Em verdade sem ao menos me arrepender, por presenciado e visto essas coisas, tudo que conhece como loucura e motivo de hospício foi causado por seres que aguns conhecem como filhos das trevas onde existi algo bem mais sobrio por tras de todas essas coisas. (Uma guerra uma disputa!) Esse ser que conhece como Jesus, ele proprio da a conhecer esses seres! Não sonhar não quer dizer se iluminado e sim um total tapado! Todos os sonhos não são criados pelo nosso cérebro, mas pelas forças que nada são nossos irmãos hipócritas do outro lado. Que uma prova do que falo é pura verdade? Larga seus vicios, tudo que as religiões alegam que é pecado e fica dessa forma até sua morte, ai voce começará a entender de onde provem os sonhos. Agora se continuar dominante dos vicios, e não apresentar ameaça nenhuma a eles, seu sonho nada sera como uma repleta escuridão ou ocupação das trevas. Nossa ocupação aqui na terra, são os prazeres e trabalhos, já os deles é nos desvirtuar da verdade e nos iludir em sonhos. Sonhos as vezes despertam prazeres que se o individuo não se auto dominar, pode o manifestar em vida real.

    Eu tenho quatro frases á escrever que conheci nesse mundo sendo um ser humano na terra:

    1: Todos dizem que errar é humano, mas esquecem que é possivel dominar seus erros.

    2: Fico feliz por me invejarem, sinal que posso ser bonito ou amado, pois ninguém inveja o feio nem o mal amado, e se algum dia até mesmo me odiarem sem motivo, isso será um sinal que sou forte pelo mesmo motivo de ninguém odiar o fraco.

    3: Se em um momento acharés que a inteligencia é melhor que a burrice, medite nisso: Não existe um sábio na terra que não precise de mais conhecimento e nem um burro que não saiba ensinar nada.

    4: Vale mais ensinar do que guardar seus conhecimentos.

    ResponderExcluir
  7. Excelente texto e excelente blog! Queria saber se não possui nada sobre um grande mestre espiritual contemporâneo e ainda vico, Eckhart Tolle?

    ResponderExcluir
  8. Olá amigo anônimo de 03 de março de 2013,

    Você deve ter observado que eu não cito nada sobre o Eckhart Tolle . Eu o acho muito "superstar". E, sinceramente, desconfio destes tipos de mestres. Todavia, não tenho opinião formada sobre ele, por isso o motivo de sua ausência no blog. Mas há um blog de um amigo meu que tem algumas coisas sobre ele. É o templo dos iluminados que está nos meus favoritos. O endereço este aí embaixo:

    http://mestresiluminados.blogspot.com.br/

    Grato por suas visita e comentários!

    Namastê!

    ResponderExcluir
  9. www.amgosdedeus.net

    ResponderExcluir
  10. Alsibar. Parabéns pelo blog. Foi um achado neste mundo virtual e a gente aprende muito aqui. Quanto a iluminação, penso que todos nós somos iluminados, faltando apenas praticar. simples assim.
    abraços.
    Celso(SP)

    ResponderExcluir
  11. Fiquei muito feliz ao encontrar seu blog. Certamente voltarei muitas vezes a ele porque tem esclarecimentos sobre seres que admiro tais como UG e Krishnamurti entre outros. Obrigada por fazer este trabalho de interpretação e síntese sobre as filosofias que mais precisamos neste exato momento. Um abraço, Josélia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Josélia,

      Muito grato por suas palavras. É um trabalho que visa ao esclarecimento e reflexão sobre assuntos ligados à espiritualidade que faço com muito carinho e esmero. Fique à vontade para visitá-lo e comentá-lo quando quiser.

      Namastê!

      Excluir
  12. Alsibar, a resposta a questao que lhe colocam, se alcancou a iluminacao, nao lhe vai tirar desse estado de ilumindado. Acho que ha uma racionalicazacao na sua resposta, que me leva a crer qua ainda nao parou de buscar. Ha forma como responde as questoes que lhe colocam os leitores por exemplo no Post Sobre "Quem foi Osho", eh dum ego ferido. Continue a meditar, o ego tem muitas armadilhas.

    ResponderExcluir
  13. Dêem uma olhada no Face, em Xamanismo Crístico Espírita da Síntese Cósmica

    ResponderExcluir
  14. Consciência Cósmica indica assistir o filme Encontro com Homens Notáveis de George Ivanovich Gurdjief, um dos maiores buscadores de todos os tempos, vejam no youtub ou numa locadora cultural. Vi este filme há 30 anos. Vale a pena! OM SHANTI à todos.

    ResponderExcluir
  15. Consciência Cósmica retifica a primeira linha do comentário anterior: somente uma pessoa iluminada é capaz de reconhecer outra pessoa iluminada. Esta é a única regra, somente depois a fama de um verdadeiro mestre ( aquele que passa a sabedoria) pode então ser reconhecida por mais pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... isso foi dito por Gurdijieff e vc está apenas repetindo. Já sei o restante da ladainha... para se tornar um iluminado você precisa se submeter a uma escola, ou mestre e ao seu "treinamento espiritual"- que inclui- dentre outras coisas obediência cega e o pagamento de uma "pequena taxa" por mês. Como podes saber algo de iluminado se demonstras por suas atitudes ser tão ignorante quanto eu? Se te incomodas com um simples blog? Se não sabes tolerar ou respeitar a opinião dos outros? Se digladias à toa contra nem conheces? Isso te parece sábio, ou, no mínimo, sensato?

      Excluir
    2. Acho- sinceramente- que estás precisando de ajuda amigo... boa sorte pra vc!

      Excluir
  16. Consciência cósmica - Sr. Alcibar quero lhe fazer um convite " na India são os debates sobre questões espituais então em hora e local a combinar te convido a fazer um debate comigo e tu podes convidar as pessoas que quiseres, ou senão podemos fazê-lo pela internet em tempo real para que todo o público interessado assista, o tema é livre, por exemplo espiritualidade e vida. Vou responder item por item das tuas colocações acima: quanto ao filme de Gurdjieff é pura questão de informação, pois provavelmente muitas pessoas que acessam o teu blog nunca tiveram oportunidade de assistir este precioso filme. Mas adorei teu comentário a respeito, muito espirituoso!. Quanto para se iluminar como tu citastes é preciso de uma escola ou mestre, etc. Não é a única realidade: um Sr. Francês ao sair de casa resbalou na neve, caiu sentado e se iluminou. Não é brincadeira é fato. Quanto a tolerar e a respeitar a opinião dos outros, como tu disseste, é exatamente o que tu fazes no teu blog, criticas absurdamente e desrespeitosamente mestres iluminados e a mim criticas por fazê-lo contigo? Sim, quem visita o teu blog te conhece, pois tu emites claramente as tuas opiniões! Os mestres Zen não parecem ser nem sábios e nem sensatos, mas foram os que na história de toda a humanidade os que mais iluminaram discípulos. Se ainda não percebestes, tu que conheces várias tradições religiosas, estou usando o Zen contigo. Estou batendo forte no teu ego, pois percebi que ele é muito frágil à críticas. Vai ser muito fácil derrubá-lo. Sou um velho forte como uma rocha. Espero que depois de ter nocauteado o teu ego, possas dar um mergulho no mar de Fortaleza e daí quem sabe te ilumines. Se você quer saber o que é ser espiritual o teu ego tem que morrer, e de nada adianta o teu conhecimento e essa sopa de mestres que tu derramas no teu blog. Quanto tu achares que eu preciso de ajuda, posso te indicar um psiquiatra renomado amigo meu. Se tu aceitares o meu humilde convite para o debate que te propus, ficarei muito honrado. O debate será absolutamente pacífico, e tu vais ter a oportunidade de conhecer um forte e verdadeiro buscador espiritual. Quero dizer a todos que o Sr. Alcibar, quando se irritou com as críticas que fiz retirou um comentário extenso feito por mim. Isto não é democrático, pois ele pode fazer severas criticas e mantê-las. Reintero o convite para o debate. Sr. Alcibar aguardo tua resposta para eu entrar Em contato com meu produtor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá " Consciência Cósmica",

      Em nenhum momento desrespeitei nenhum mestre iluminado- como afirmas. Aceito as críticas mas não as inverdades, ameaças e coisas que dizem sem sentido a respeito de minha pessoa, como, por exemplo que vivo de palestras (rsrsrs). Ninguém ilumina ninguém- isso é fato. Pelas palavras que usas, gostas de uma boa guerra e debates aguerridos- e não do diálogo saudável e benéfico- "vai ser muito fácil derrubá-lo". Pelo jeito conheces muitos psiquiatras, deves consultá-los regularmente, o que pode confirmar minha tese. Te autointitulas um "buscador espiritual" ainda? Pare de buscar amigo... não existe nada a ser buscado. Eu não me irrito com opiniões sobre minhas opiniões. Me irrito com mentiras e ataques pessoais, por respeito ao espaço do blog que é muito elogiado exatamente pelas pessoas terem liberdade de expressarem livremente suas ideias. E a prova disso é que não tenho mediação: escreveu, tá publicado. Prefiro correr o risco de que escrevam bobagens e inverdades sobre mim- e depois apagar- a ter que impor uma regra que limite a liberdade de expressão. Todavia isso tem limites, óbvio- não posso aceitar ataques pessoais, pois este não é o local apropriado pra isso. Faça críticas aos meus artigos, aos meus posicionamentos e opiniões- isso não apago. Aprenda a separar as coisas, não somos inimigos pois vc nem me conhece. Defenda seu mestre ou ponto de vista, sem baixar o nível e sem ameaças e afirmações falsas - que foi o que vc fez em dois comentários. Se assim o fizeres- não apagarei- e repito, aqui não é um ring, nem um mesa de bar para nos digladiarmos, aqui estamos para refletir de forma madura e saudável, trocar ideias e até discordarmos uns dos outros. . E onde fiz criticas severas a quem? Quando me referi a vc, eu disse "deves ser"- ou seja, uma hipótese, pois não o conheço. É apenas uma possibilidade- que pode ou não ser verdadeira. Apaguei o outro comentário com afirmações absurdas sobre mim... e vou fazer sempre pois meu papel aqui é administrar e cuidar desse espaço virtual que considero sagrado. E pra que queres um debate amigo? Com qual objetivo? O que pretendes ganhar com isso? Queres perturbar mais ainda tua mente que já parece tão perturbada- eu disse 'parece"- pelas suas atitudes demonstradas aqui no blog. Gosto do diálogo e da conversa... seja mais objetivo em suas afirmações e evite ataques e ameaças que assim podemos conversar. Mas da forma que estás fazendo fica impossível. Abraços amigo! Muita Paz e Lucidez para todos nós!

      Excluir
  17. CONSCIÊNCIA CÓSMICA: O que quero dizer é muito simples: ontem vendaram os meus olhos e me deram manga para comer, mas na realidade era uma maçã. (O pressuposto é que eu não conhecia nenhum dos dois frutos). Então sempre que eu comer uma manga acharei que é uma maçã. Nós podemos ler as palavras de todos os iluminados do mundo e termos uma certa compreensão, mas estar a trinta centímetros de um autêntico iluminado por várias vezes, e cair nas profundezas do teu próprio ser, e quando ele sai da sala só fica um silêncio dentro do teu coração e uma profunda sensação de bem-estar, é uma energia que nem parece ser deste mundo. E vários iluminados já disseram, que existem vários mundos. Sim, eu já estive no alto de um morro, sobre as pedras, e comecei a sentir um cheiro forte de incenso, estava longe de qualquer casa, e o cheiro era tão forte e maravilhoso. Também não havia nenhuma fumaça. Durou 2 ou 3 min. Voltando as frutas, então é bem mais fácil se confundir se tu não provares da Divindade de um ser realmente desperto. Mas se alguém nunca provou nenhuma fruta, que carregam consigo um certo néctar do Universo, então em relação a um ser totalmente desperto, que já é mais éter do que corpo, o que se dizer? Prove, não intelectualize. O mestre que mais atraiu intelectuais foi Krishnamurti, ele criou uma imensa barreira no seu coração porque se iluminou através de métodos cruéis quando era criança. É por isso que ele diz: não há necessidade de nenhum método. E isto serve bem à mente masculina que adora esta idéia de não ter que buscar, esta mente que sempre recebeu tudo na boquinha de suas mamães. Pra quê buscar, alguma mulher vai trazer a "iluminação" para mim, ou senão eu leio os livros, porquê fazer uma longa jornada em busca de um mestre? A mente masculina é muito arrogante, por isso edificou várias filosofias, mas olhem bem em que estado que a mente masculina deixou este Planeta. Somente destruição, homens sem coração. Não estou querendo dizer que Krishnamurti não tem coração. Já li seus livros, a mensagem principalmente sobre a educação é muito linda. Só digo a todos que visitam este Blog, que estamos somente no campo das idéias. Faça um Jesus nascer hoje e coloque-o chicoteando a Esplanada dos Ministérios, e todos nós veremos este homem ser levado a um presídio de segurança máxima, e depois vão dar um jeito de sumir com ele. Parece tão simples falar sobre a meditação e iluminação. Mas na verdade as mulheres são as maiores buscadoras, porque vivem mais no coração, enquanto os homens vivem mais na mente.Então, elas buscam mais mestres e mestras iluminados (as). E para fazer justiça as mais verdadeiras buscadoras, vou escrever aqui o site de uma das maiores mestras iluminadas de todos os tempos, também vale a pena ver vídeos no youtube, alguns legendados. http://www.gangaji.org/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh... agora lhe entendi "Consciência Cósmica"...

      Sois seguidor dos tais "autoproclamados-gurus"- que sentam-se numa cadeira e saem pelo mundo cobrando absurdos para o povo ouvir suas palavras de nada- tipo "não há ninguém aí"- ou "nada está acontecendo". Mas cobram altos valores para falar "que nada precisa ser mudado" - se não precisa- pra que pagar pra ouvir isso? É um absurdo o que estes gurus auto-proclamados dessa geração fazem. Pra mim só valem os da primeira e segunda geração: de Ramana passando por Nisarga até Papaji- depois desses desconfio de todos. Pois é muito bom ser iluminado de cadeira. Não fazer outra coisa na vida a não ser sentar-se numa cadeira e falar pras multidões, cobrando altos cachês por isso como se fossem mega-stars.
      O raciocínio é simples : se eles mesmos pregam a premissa que "tudo já é perfeito" e que nada precisa mudar... então por que não seguem seus caminhos como pessoas comuns? Por que falar palavras simples e bonita e levar uma vida de superstars? Ora, se sei que tudo já é perfeito e que nada precisa ser mudado- sigo minha vida como sempre segui sem necessidade nenhuma de pagar por satsangs ou fazer satsangs mundo afora.

      Além disso esse critério que o iluminado passa paz, energia diferente, etc etc. É a maior furada. Os maiores iluminados não passavam nada- pelo contrário- eram tão comuns que ninguém os diferenciava dos demais: assim como Jesus e Babaji. Aqueles que criam um ambiente de conforto e paz espiritual ao redor são exatamente os que não são iluminados- pois são hipnotizadores. Usam do poder da palavra e do magnetismo pessoal pra encantar e ludibriar as pessoas. Mas isso não passa de um efeito magnético físico e nada mais. Hitler foi o maior exemplo desse poder. Ele parecia estar imbuído de uma energia divina- para os que ouviram na época- mas era, na verdade, demoníaca. Jim Jones idem.
      Os verdadeiros mestres não estão atrás de holofotes ou aplausos como por exemplo: Ram Gopal Muzumdar, leia no meu blog sobre este grande mestre iluminado- basta colocar o nome dele na busca do blog. O título do artigo é:
      RAM GOPAL MUZUMDAR- O SANTO QUE NÃO DORME
      Ou se preferir está aí o link:
      http://alsibar.blogspot.com.br/2012/03/ram-gopal-muzumdar-o-santo-que-nao.html

      Novamente cais de novo no maniqueísmo típico das mentes ainda presas ao dualismo: "mente masculina e feminina"? Não existe isso. A consciência é una. Isso é um princípio básico do vedanta advaita que tanto admiras na figura da Gangaji- que se apresenta como seguidora desta tradição ao dizer-se discípula de Ramana. Estás ao longo do teu texto sempre dicotomizando as coisas... onde queres chegar com estas divisões? Não há uma verdade absoluta, nem a sua nem a minha. E pelo estilo que usas- de afirmar coisas como se fossem verdade- me pareces um fanático leitor do Osho- o que não vejo como elogio.

      E minha última fala, vou deixar para este comentário abaixo que você fez sobre Gangaji.

      Até mais!

      Excluir
  18. CONSCIÊNCIA CÓSMICA, faltou um pequeno detalhe, o nome da Mestra Iluminada é Gangagi, pois se iluminou ao lado do Rio Ganges, na Índia, depois de uma forte febre, ela se iluminou após passar vários dias com o Mestre Punjadi, sucessor da escola do Mestre Ramana Maharshi. Ah, meus amigos(as), se você quer provar o néctar dos Deuses, é melhor estar ao lado de um mestre(a) realmente desperto, acordado, iluminado espiritualmente falando. OM SHANTI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou aqui novamente "Consciência Cósmica",

      Afirmas com muita facilidade que Gangaji é "mestra iluminada" mas como podes saber com certeza? A maioria desse povo, dessa turma, se valem de expedientes muito mundanos para incutir isso nas pessoas- a mitificação- que constroem usando os expedientes próprios do marketing e da propaganda. Gostaria que fossem iluminados não por que afirmam isso aos quatro ventos, ajudado pelos seguidores fanáticos, sustentados por uma rede de propaganda- mas por viverem uma vida comum como todo mundo: estudando, trabalhando, casando, tendo filhos- como fizeram muitos dos verdadeiros iluminados- inclusive o Papaji- pra não viverem da exploração dos outros.
      Essa sua última fala foi a mais preocupante pois afirmou que "se você quer provar o néctar dos Deuses, é melhor estar ao lado de um mestre(a) realmente desperto" como se isso fosse causar uma transformação em sua vida"- uma mentira propagada pelos vendedores de satsangs que exploram as pessoas com tais promessas.
      Ninguém pode iluminar ninguém. Isso é balela. Repito, a paz sentida ao lado desse tipo de pessoas se devem a fatores muito conhecidos da hipnose: a palavra, o ambiente, o momento de vulnerabilidade da pessoa, o magnetismo pessoal, e todo um ambiente simbólico que se cria em torno dos tais "gurus". Mas nada disso prova que há algo divino ou sagrado ali. Todos os grandes gurus/mestres/líderes comprovadamente malignos tinham esse poder e uma atmosfera magnética que enganou a muitos.
      Os verdadeiros mestres sempre enfatizaram que apenas uma coisa pode iluminar/salvar uma pessoa: a prática, a vivência, a seriedade e dedicação da pessoa em seu próprio caminho de libertação interna. NINGUÉM PODE FAZER ISSO POR OUTRA PESSOA- MESMO QUE QUISESSE.
      Os fatos provam que isso é verdadeiro. Osho- considerado iluminado por muitos- tinha ao seu lado uma cobra cascavel chamada Ma Anand Sheela- se iluminação pudesse se propagar por osmose esta seria iluminada, e não uma pilantra ditadora como demonstram suas atitudes de traição e crueldade na época em que comandava o ashram. Além disso, se espiritualidade passasse pela simples presença do iluminado, Vivek - a namorada e grande paixão do Osho- não teria cometido suicídio. Esse episódio da Vivek colocou abaixo os argumentos de que o Desperto desperta os seguidores. Pois não foi isso que os fatores comprovaram e comprovam.
      Conclusão se o maior guru pop não conseguiu iluminar ou despertar as pessoas mais próximas dele, o que diria dos demais?

      Vê-se então que é tudo uma grande mentira e jogada de marketing. Os mestres estão aí. Suas mensagens também- elas são necessárias para que tenhamos consciência da nossa condição de sonambulismo e assim possamos despertar- mas com certeza- não é a companhia de A ou B que irá fazer isso por nós. Muito menos quando alguns tornam-se apenas fanáticos seguidores e não fazem mais nada para seu próprio progresso espiritual, passando a trabalhar e defender guru A ou B, organização A ou B- como se isso bastasse para evoluirem, crescerem ou despertarem.

      No mais lhe desejo boa sorte!

      _/\_

      Excluir
    2. Consciência Cósmica - Hoje à noite estou com minha família e tanto a minha esposa e os meus dois filhos são tão iluminados! Percebo que gostas muito deste tal mestre Osho, nunca ouvi alguém falar tanto dele! Pouco importa. Eu e a minha esposa já tivemos na frente de um ser realizado e foi muito profundo, mas não somos escravos de ninguém. Não é este o verdadeiro objetivo de um mestre iluminado: não é de escravizar e sim de libertar! Eu e minha esposa seguimos nossa intuição, tu tens todo o direito de seguir tua própria mente. Continues lendo e com certeza chegarás a auto-realização! OM SHANTI.

      Excluir
    3. Sim Consciência,

      Concordo com você. Às vezes, um anônimo é muito mais iluminado do que estes que estão se vendendo no mercado- e não duvido que haja pessoas iluminadas na sua família. Acredito muito mais nos primeiros do que nos últimos. Sobre o Osho é porque ele foi e continua sendo referência para muitos dos gurus auto-proclamados. Mas, sim, ele exerceu muita influência numa fase de minha vida- há muito tempo atrás. Tinha tudo para ainda estar vivo e ser um grande mestre... mas, perdeu-se ao longo do caminho.
      E, realmente, o verdadeiro mestre liberta. Daí conclui-se que quem vicia e prende discípulos em ideologias, crenças, discipulados ou satsangs- não são iluminados. E, por último: aprendi com Buda aos 9 anos de idade: " aquele que trilhou seu próprio caminho e dissipou suas dúvidas eu chamo um sábio'. E ainda " sede vós mesmos vossa própria bandeira e refúgio- não vos confieis a nenhum refúgio exterior".
      E não quero chegar a auto-realização nenhuma pois : há alguma coisa fora do lugar? Tudo já não está completo e realizado? Não quero chegar a lugar nenhum amigo, onde estou é onde deveria estar pois tudo "É O QUE É"- se fosse para ser diferente, seria.

      Namastê!

      Shanti!

      Excluir
  19. CONSCIÊNCIA CÓSMICA - Sim, onde estamos é onde deveríamos estar? Será? Há alguma coisa fora do lugar? Ótimo questionamento. É óbvio que tudo está no lugar para uma humanidade que está destruindo o Planeta onde vive. Então o fim da raça humana corrobora que está tudo no seu lugar, exatamente para chegarmos aonde chegamos. Todos sabem onde chegaremos deste jeito, apesar de o jornal dizer que não existe mais efeito estufa, a calota polar aumentou! São tantas mentiras meteorológicas para aparentar a normalidade da situação. A simples verdade é que se o homem não arrumar sua casa por dentro e por fora, vamos ser despejados pelo Universo! Mas não me preocupo, se a Terra se tornou habitada pela mediocridade e pela barbárie é até melhor que deixe de existir, não vai faltar lugar no Universo para novas consciências cósmicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amigo...

      A humanidade é assim. Este mundo é assim. E o que resta-nos fazer? Começar por nós mesmos não é?

      Fraterabraços.

      Excluir
  20. Engano.
    Um iluminado sonha sim.
    Um iluminado é alguém que tem profunda conexão com a vida, não importa se ele dorme ou tem sonhos, ou se pensa ou não pensa, isso é irrelevante.

    O iluminado é um ser humano comum, ele não dorme menos, nem mais. Ele dorme igual a todo mundo.

    A diferença é que o agente da ação deixou de existir.
    Antes da iluminação, o ser sonha, dorme e age por conta própria... inconsciente do que está acontecendo.
    Depois da iluminação, o ser sonha, dorme e age, por conta própria, a diferença é que ele deixou de resistir e de interferir. Agora o que vem a ele, vem a ele. Ele não toca no que vem.

    Então acontece que tudo aquilo que ele tocava e tentava interferir, muda. Simplesmente muda. Se dissolve e se transforma.

    Ele deixa de pensar, deixa de sonhar e deixa de agir.

    O pensar acontece, o sonho acontece e a ação acontece.

    Então elas mudam.
    O pensamento vem a ele, o sonho também vem a ele e a ação também vem a ele...
    E vem direto da vida, todos eles.

    Sonhos tem grandes mensagens...
    O iluminado recebe muitas mensagens por sonho.
    Ele não está mais sonhando, o sonho está acontecendo a ele... Então há uma leve diferença...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola "palavras" tudo bem?

      Seja muito bem vinda . Aproveite esse espaço para expor sua visão sobre as características de um iluminado. Quando escrevi o artigo, não o fiz com a intenção de expor uma suposta Verdade absoluta, mas com o objetivo de compartilhar minhas ideias e visões e estimular a troca de experiências, visões e opiniões.

      P. S. Você escreve muito bem, e apesar de não concordar com muitas coisas que vc escreveu - admiro sua escrita e estilo.

      Fraterabraços!

      Excluir
  21. O Iluminado se reconhece como sábio sim.
    Ele sabe que sabe e sabe que o mundo não sabe.
    Então ele pode sim dizer, eu sei e você não sabe.
    Porque ele sabe, é sua experiência.
    Ele afirmar isso a você ou não, ele sabe, que não fará diferença nenhuma...
    Porque nenhuma palavra dita, interferirá no caminho do iluminado.

    A diferença, é que ele sabe que sua sabedoria não é dele.
    A sabedoria acontece a ele.

    Se ele chegar agora, e decidir: "Quero dizer palavras de sabedoria."
    Nada vem. Porque ele não tem controle quanto ao que sabe.

    Ele não tem controle nenhum.
    O controle se foi.
    Ele está rendido ao que é.

    Ele sente todos os sentimentos humanos...
    Raiva, angústia, dor... tudo. Mesmo o apego ele sente.
    E sente a dor de ter que se desapegar também. Está se apegando a todo momento...
    Porque ele é o ser mais apegado no universo, porque não tem medo de se apegar.
    Só o iluminado se apega em absoluto, porque ele é o único aberto a isso.
    Ele se apega à pessoa que está sentada ao seu lado no onibus, como se fosse o amor da vida dele...
    Ele se apega, mas se desapega...
    Porque ele está vivendo a morte a todo momento..

    Ele vive a vida e a morte, sempre.
    Então ele sempre se apega, e sempre se desapega...
    É um ciclo que nunca termina.

    O iluminado é um ser humano como qualquer outro,
    E corpo de um humano, veio com raiva, veio com angustia, veio com dor...
    O iluminado não é seletivo, ele é todo, complexo.
    Ele sente todo o espectro.

    A diferença é que, sem iluminação, há um disfunção...
    A raiva é sentida sem motivo...
    A dor é sentida sem motivo...
    Etc.. Há uma desordem.

    O iluminado não, ele tá unido com o universo, tá em sintonia.
    A raiva dele, tem razão de ser, a raiva dele trás palavras, faz ele agir... Cortar a garganta do ignorante...

    O Iluminado sente tudo...
    Não se engane.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelas suas palavras percebe-se uma forte influencia da visão advaita e do Osho- também li muito Osho. Talvez você tenha razão... ou não.

      Excluir
    2. Não se engane, não há influências..
      Se há alguma similaridade,
      É porque existe uma linguagem parecida..
      Mas minhas palavras são diretas
      Eu digo aquilo que escuto.

      Excluir
    3. Quando você morre...
      E, se alsibar quiser a iluminação terá que morrer.
      Krishnamurti terá que morrer, osho terá que morrer, alsibar terá que morrer.
      Então, quando você morre,
      Existe um fio, um canal, uma ligação, entre você e a vida.

      Então osho não fala mais na sua mente, krishnamurti não fala mais na sua mente,
      Advaita não fala mais na sua mente, seu filho não fala mais na sua mente, seu pai não fala mais na sua mente... e por aí vai.

      Você escuta, trás as palavras do além.
      Ela vem a você e você diz.

      É assim que ocorre com o iluminado.

      Excluir
    4. O iluminado não é papagaio, ele não repete palavras.
      Não há necessidade, as palavras vem a ele.

      Todo papagaio é um buscador,
      E está em péssimos lençois...

      Enquanto não se livrar do seu papagaio,
      Enquanto não cortar a cabeça do papagaio...

      O papagaio vai falar eternamente,
      E vai ser seu escudo.

      Um escudo da ignorancia,
      Porque está defendendo você mesmo da verdade.

      O mestre vai aparecer,
      Vai falar com você...
      E então você vai despertar o papagaio:
      Vai lembrar de osho, de advaita, de krishnamurti e do mundo inteiro...

      Então vai perder a oportunidade de baixar a guarda e deixar a morte entrar.
      Vai perder a oportunidade de se iluminar.

      Excluir
    5. Não há influencias??? A linguagem é um fenômeno social. Garanto-lhe que, apesar de bonito o que vc escreve há sim influências- mas me parece que vc não está consciente delas. Mas, lhe digo, boa parte do que vc escreveu é lugar comum na literatura espiritualista. Essa de "cortar a cabeça"- isso vem de um conto zen( que o Osho comentou em um de seus livros), que provavelmente você leu mas não se lembra- eu lembro. O tal "morrer" já era lugar comum na tradição cristão, e o Osho usou-o demais nos seus discursos tornando a expressão mais batida ainda. É , inclusive, título de um de seus livros " Antes que vc morra". Mais papagaio e plagiador do que o Osho- estou pra ver. rsrsrs

      Excluir
    6. Alsibar....
      Um ser iluminado, é um ser humano... ele tem mente.
      A palavra que vem do além, não vem em palavra... Vem numa onda.
      Essa onda passa pela mente, e a mente, que é todo o passado, já possui um arquivo de palavras.

      Então ela já tem as palavras. Então as palavras que são ditas, vem do passado, mas a mensagem que é transmitida por elas, é nova.

      Quero dizer, você fala e sua fala vem da influência do seu passado. Sim, claro.

      Mas a mensagem que você está passando não, ela é totalmente nova. Porque é a onda.

      A onda vem, sem influência de nada em absoluta, nadica... Então o ser que está aqui, meu passado, minha mente, traduz nas palavras que ele conhece a onda.

      A linguagem pode soar parecido com as pessoas que passaram em minha vida,
      Mas a mensagem não tem nada a ver com elas.

      É do além.

      Excluir
    7. Ola Palavras,

      Pelo jeito vc teve uma epifania ou samadhi mas não se engane : pelas suas palavras aqui no blog percebo que ainda não é a "grande Iluminação" ou Nirvikalpa Samadhi mas um pequeno samadhi (savikalpa). O que diferencia o primeiro do segundo é exatamente que no primeiro não existe o resíduo do ego, e no segundo sim. Já tive alguns desses e frequentemente pessoas que passaram por isso me procuram para contar sobre suas experiências. Mas ainda não é o despertar definitivo- mas um gosto, um vislumbre dele. Quando a verdadeira e última iluminação acontece, não existe ninguém pra dizer: sou iluminado- se diz isso é por que a consciência ainda não se libertou da dualidade. Em moksha (libertação) não há mais nenhuma diferenciação interna, apenas unidade,silêncio, sabedoria e bem-aventurança.

      Fraterabraços e até a próxima!

      _/\_

      Excluir
    8. O satori não existe, não há como você ter uma amostra da iluminação.
      O satori é um estado de mente, você sente uma paz, vê algo grandioso, e acha que é satori.
      A iluminação não tem nada a ver com um estado, a iluminação não é paz, paz é mente.
      O iluminado sente dor, sente paz, sente angústia, sente raiva, sente prazer, sente tudo. A diferença é só a forma de ver a vida, ele observa de outro plano.
      Nesse outro plano, a vida se comunica com ele, então ele "caminha sobre as águas"... Sobre as águas do ignorante que o ofende, e sobre as águas da dor e de todo o resto.

      Porque, tendo a vida em constante comunicação com ele, as qualidades divinas, como confiança, e blablablabla, são despertas.

      Depois da iluminação, ainda existe eu. O eu é sua individualidade.
      Seu eu é um grão de areia, mas depois de se iluminar, você descobre que você não é apenas o grão de areia, você é a praia inteira.

      O grão de areia é a penas o que te torna único, te torna você.

      Excluir
    9. Pare de se fingir iluminado,
      Você não sabe nada sobre iluminação.

      O iluminado te vê, eu já disse, você não pode se esconder.

      Excluir
    10. Onde está o fingimento? Quem disse aqui " sou iluminado"? Eu ou você?

      Excluir
    11. To me matando Alsibar,
      Mas não posso morrer sozinho,
      Você tem que morrer comigo.

      É assim que será no final dos tempos,
      Os que morreram, matarão...
      Mas eles morreram ao mesmo tempo.

      Porque depois da morte, você descobre...
      Todos os vivos agora moram em você.

      A cada uma que você mata, você morre também.

      Excluir
    12. Eles morrerão ao mesmo tempo***

      É isso que move os iluminados,
      Depois que se iluminam,
      Descobrem o mundo dentro deles.

      Não é questão de matar ou morrer.
      É questão de matar para morrer.

      Excluir
    13. O gemido da terra, se torna o gemido deles.
      A voz dos vivos, fala dentro deles.

      O iluminado não pode ter paz, enquanto a paz não estiver no mundo.
      Porque o próprio mundo vive dentro dele.

      Excluir
    14. E a paz só pode estar no mundo quando o mundo conhecer a morte, quando o mundo morrer.

      "No mundo terão aflições, mas eu venci o mundo."

      Ele venceu o mundo, mas o mundo não estava vencido.
      É isso que movia ele na guerra contra o mundo, o mundo estava dentro dele.
      Ele queria matar seus discípulos, e queria que seus discípulos seguissem matando os outros.

      Excluir
    15. Então haveria a ressurreição, porque depois da morte, você renasce cristo.
      Aquele que venceu o mundo.
      Aquele que enxerga.
      Aquele que sente.
      Aquele que tem compaixão.
      Aquele que é onipresente.
      Aquele que vê os homens por dentro.

      Mas cristo não veio dar vida,
      Ele veio matar.

      Depois da morte, a vida vinha por si só, não que fosse ele que estava dando...
      Ele trouxe a morte, o freio, o desvio.. o abandono...
      Nisso, uma porta para a morte era aberta...
      Então, depois da morte, havia o renascimento.

      Cristo falava para ele mesmo.
      Se seus discípulos realmente ouvissem sua voz, era sinal de que eles já estavam morrendo e estavam começando a enxergar a partir da outra margem, do além.

      Cristo não conseguiu ressuscitar ninguém enquanto vivo, porque ele morreu ainda sozinho.
      Mas se existe mais de uma vida,
      Talvez os discípulos de cristo estejam o enxergando hoje.
      Porque a alma deles continuou caminhando, vida após vida, rumo à sepultura.

      Excluir
    16. A função de todo mestre é matar.
      Porque quando ele mata o discípulo, o mestre renasce.
      É como se fosse uma procriação, a forma do mestre matar é o espermatozoide dele mesmo que ele coloca no discípulo.

      A forma de matar, é diferente para cada um.
      Porque aquilo que vem matar, a espada do mestre, vem do além.
      Além sabe o que tem dentro do discípulo, e, a depender do que tem lá, ele age diferente.

      O mestre pode chegar, arrancando logo pela garganta, porque o discípulo está preparado.
      O mestre pode chegar, com amor, com carinho... inundando o discípulo com as coisas do céu, e depois retirando tudo dele, fazendo o discípulo encontrar sozinho.

      O mestre pode chegar falando um monte de palavra estranha, paradoxos, parábolas, confundindo a mente do discípulo até o momento dele se render.

      Há diversas formas, isso depende para cada um.

      Mas a função do mestre é matar.
      Quando o discípulo morre, o mestre renasce.

      Então o mestre está matando ele mesmo, porque o discípulo mora dentro dele, e, só se o discípulo morrer, ele começa a se enxergar.

      Excluir
  22. O Iluminado não vive em meditação..
    Não há necessidade de meditar...

    Meditar é uma maneira de interromper a disfunção.
    Depois que a disfunção acaba...
    A meditação não há porque existir.

    Se um iluminado medita, não é iluminado, é ignorante.

    O iluminado pode fechar os olhos, uma criança pode fechar os olhos, mas não existe meditação.
    A meditação é um remédio..
    Quem está saudável não precisa de remédio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você é uma discípula do Osho pois seu estilo é muito parecido com o dele. Ele também tinha a mania de soltar palavras ao vento que- apesar de bonitas e aparentemente verdadeiras- pecava por uma coisa bem simples: a falta de humildade em reconhecer que talvez o que falasse não fosse verdade... e que não passava de palavras floridas ditas com objetivos bem específicos- no caso dele, hipnotizar as pessoas, angariar mais discípulos e aumentar seu poder. No seu caso... não sei. Talvez você tenha razão... Mas percebo que é so mais uma opinião. Mesmo assim, válida .

      Excluir
  23. Sabe como alguém sabe que é iluminado?
    Quando a cada passo que ele dá, o universo responde.
    Há um diálogo, diário, de momento a momento.

    Se esse diálogo não existe, a meditação é uma farsa.
    Alguém está sonhando que é iluminado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... acho que agora vc falou algo verdadeiro: muita gente sonha que é iluminado. Como saber- dentro os tantos que se dizem acordados- que não estão apenas se iludindo e iludindo aos outros? Uma boa questão... não acha?

      Excluir
  24. O Iluminado não é vidente,
    Mas ele sabe para onde está caminhando...
    Porque a vida se comunica com ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... talvez nem precise de holofotes não é mesmo? Nem de uma placa dizendo: sou iluminado. Talvez...

      Excluir
  25. É por isso que você não compreende osho, e o julga.
    Você compreende Krishnamurti, e o venera.

    Krishnamurti era um rapaz muito inteligente, parece que ele sabia o caminho..
    Mas se ele viveu a iluminação absoluta, é dificil dizer...
    Porque ele é um rapaz de mente.
    Ele fala para a mente, conversa com a mente...
    Então vc compreende, porque você também é um rapaz de mente.

    Osho é do além. Ele é louco, fala como louco, age como louco.
    Sua fala vem do além, sua ação também.
    Jesus é do além. Ele falava como louco, agia como louco.
    Por isso também foi bastante julgado.

    Você não é iluminado, é falso.
    A prova é que, depois de ouvir minhas palavras, você vai ficar se questionando:
    "Será que sou? Será que não sou?"

    Esses questionamentos não surgem num iluminado,
    Porque sua percepção é bem clara.

    Foi a vida que disse a ele: "você é iluminado"
    Não foi nem ele que chegou a essa conclusão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado: Krishnamurti que foi um predestinado desde criança e trouxe uma mensagem nova, original e viva e que teve uma vida de simplicidade e nunca quis ser bajulado ou adorado e que foi plagiado por Osho- você questiona sua iluminação. Agora o Osho que era viciado em drogas, participava de orgias, era megalomaniaco e cuja namorada cometeu suicídio, sendo seguida por ele e que tudo que falava era reciclado dos livros que leu- você não questiona não é? Curioso isso não? Será que você está sendo imparcial?

      Excluir
  26. Você adora e vive para desmascarar...
    A vida é tão perfeita, que ela retorna.
    É sua vez de guardar a máscara e se mostrar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um cumpre um papel e função que lhe destinado não? O seu é defender o Osho. O meu é contribuir com a verdade dos fatos e conscientização das pessoas sobre os mesmos. Cada qual com o seu não é?

      Excluir
  27. Um iluminado, não se preocupa em desmascarar ou não.
    Ele não tem tempo pra isso,
    Ele tem muito trabalho a fazer.

    Só a mentira se ocupa com a mentira.
    A verdade se ocupa a com a verdade.

    A mentira é perda de tempo,
    Porque quem busca a verdade
    Não se preocupa com a mentira

    Então a verdade, inevitavelmente, chega a ele.

    Quem está ocupado com a mentira,
    A mentira, inevitavelmente, chega a ele.

    Então ninguém precisa desmascarar ninguém,
    A vida é perfeita.

    Quem busca o real,
    Surge o real.

    Quem busca o falso,
    Surge o falso.

    Retirar a máscara dos outros, é pura perda de tempo.
    Porque a verdade tem seu próprio caminho
    E a mentira também.

    É como se fossem dois mundos,
    No mesmo lugar,
    Porém distintos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... a vida é perfeita mesmo. E eu, assim como você, faço parte dela. Se a vida nos move para desmascarar, o que posso fazer? Posso interferir? Mas me pareces magoada e ressentida- não se preocupe... só acordarão os que tiverem que acordar. Não é por causa de mim que haverão de despertar para esses fatos que aqui exponho. Muitos continuarão defendendo as ilusões e as mentiras- a todo custo.

      Excluir
  28. E isso é tão profundo...
    Que aquele que busca a verdade.

    A verdade pode chegar até a ele até na mentira.

    O falso profeta ilumina o que busca a verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a verdade pode chegar até mesmo através de um simples blog como este não acha?

      Excluir
  29. Eu sei que você vai vim cheio de argumentos..
    Você é um papagaio.
    O papagaio é mestre da argumentação,
    Mestre da mente.

    Você perde a oportunidade de se iluminar,
    Porque o primeiro passo rumo a ela, é assumir para si mesmo, e para o mundo, que você não é.

    Eu sei que você não é,
    Porque eu sou.

    Você não pode se esconder de mim,
    porque eu te vejo.

    Você tem uma oportunidade,
    A escolha é sua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Argumentos? Mais dos que eu já expus? Não. Já argumentei demais. Então você é iluminada e o Osho são iluminados, e nem eu, nem Krishnamurti são, não é mesmo? Poxa... realmente, só você mesmo pra esclarecer quem é e quem não é. Realmente. Acho que agora encontrei a verdade. Bom saber... a propósito já está dando satsang? Quanto custa pra saber o óbvio? Coisas tipo: não há ninguém aí, ou "nada está acontecendo"? Ou "está tudo perfeito"? Se tá tudo perfeito, por que se dá ao trabalho de escrever sobre o que já é perfeito? Estranho não?
      Mesmo assim, continuo achando válida sua participação... e veja, argumentei muito pouco. Talvez você tenha razão... ou não. Quem poderá saber? O Osho ou os seus discípulos?

      _/\_

      Excluir
    2. Sim, estou dando satsang.
      Meu satsang é gratuito, sempre foi.
      Você não precisa sair do lugar para chegar ao meu satsang,
      Você só precisa estender o pescoço, e me permitir cortá-lo.
      Eu estou aí, à sua volta, sempre estive.

      Batendo e batendo, na mesma tecla o tempo todo.
      Estou esperando o dia em que eu conseguirei destruir a tecla,
      Então não precisarei mais bater, porque não haverá tecla.

      Estou tentando te invadir, sempre estive.
      Mas não posso entrar, alsibar está aí...

      Se alsibar se for, você chegará a meu satsang.
      Então eu vou inundar você, vou te preencher...

      Alsibar começará a cantar, a melodia da verdade.
      A melodia sempre nova, a melodia que não se repete.

      Então alsibar descansará, e iluminará todos os seres à sua volta...
      Sem querer, será um acidente...
      Alsibar falará, seu redor se abalará...
      Talvez alsibar não seja compreendido no presente
      Mas alguma coisa moverá alsibar a continua falando...

      Então nascerá uma nova forma de comunicar...
      Alsibar fala, o universo responde.
      Alsibar fala a alguém, o universo aparece e repete àquela pessoa o que alsibar falou, mostrando que alsibar é real.

      Então alsibar não trabalha só, ele trabalho em conjunto com o universo...
      O universo contratou alsibar e o universo paga um salário que nenhum homem paga.

      Então alsibar compreenderá que ele não fala pro presente, ele fala do eterno e para o eterno.

      Então alsibar continuará falando, se a pessoa não compreendeu alsibar hoje, talvez seja porque ele tenha falado para ela daqui a 10 anos.

      Porque cada palavra que sair da boca de alsibar, terá um objetivo.
      Porque a palavra não veio dele, e a palavra que não vem do homem é uma flecha.
      Ela tem destino. Talvez o homem não saiba o remetente, mas um dia a palavra simplesmente chega e é entregue ao alvo.

      Excluir
    3. Bonitas palavras... palavras. _/\_

      Excluir
  30. A iluminação é um caminho reto.
    Uma vez nele, não há como sair, não existe o que se chama de desvio.
    Quando você se torna iluminado, o ser que habita seu corpo, desaparece.
    Você continua existindo, mas o controle sobre a vida e sobre tudo deixou de existir.

    Então, um ser não pode se tornar iluminado e depois se desviar, se desiluminar.
    Isso não é existe, é contra a lei da vida.
    Uma vez iluminado, sempre iluminado.

    Reconhecer que não se é um ser iluminado é um passo importante,
    Pois uma porta se abre.

    Se você acha que está saudável, a cura não virá, não tem sentido.
    Se você sabe que ainda está doente, a porta para a cura vem.

    Cabe apenas a cada um.
    Não importa se você passou vidas achando que era iluminado...
    No dia que você reconhece, a porta se abre.

    E aqueles que buscaram durante muito tempo, estão muito perto.
    Basta este reconhecimento.

    O iluminado, recebi pistas, a cada hora, a cada dia.
    A vida se comunica.
    Se essa comunicação não existe...
    Esse sincronismo surreal...
    Desconfie.

    Não há iluminação sem essa comunicação.
    Essa comunicação é a iluminação.
    O caminho.

    Pois, quando o ser desaparece...
    Ele se torna um com aquilo que habita todos os seres e todas as partículas..
    Ele se torna um holograma...
    Ele sente a borboleta que morreu em tóquio, estando no brasil.

    Então, a vida age através dele, e a vida responde às suas ações, porque vem da própria vida.
    Existe um sincronismo que não é desse mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo vc palavrasquesaemdaboca, poderíamos conversar mais?

      Excluir
  31. Se você tem alguma ideia da iluminação,
    Quando ela chegar, vai perdê-la.

    ResponderExcluir
  32. Nem perceberam nem Osho nem Krisnamurti, apenas mentes lutando pela sua própria sobrevivência.
    Talvez se tivessem percebido não estariam a lutar, e quem luta é o ego.
    Este blog merece todo o meu respeito porque tem debates nos comentários muito interessantes.

    ResponderExcluir
  33. Boddhidarma -
    1- O discípulo pergunta ao mestre: = Mestre, como faço para sair da roda de Sansara, como saio desse ciclo de nascimento e mortes?
    - O Mestre responde, perguntando: Quem te colocou nesse ciclo?
    2 - O discípulo novo, senta pra meditar e logo depois procura o mestre dizendo: Mestre, eu atingi o vazio, o nirvana, estou cheio de samadhi, cheio do vazio!
    E o Mestre pega o discípulo pela orelha, levando-o até a porta do templo e o joga pra fora, dizendo: - Então, vá jogar fora esse vazio agora!
    "A Iluminação é um processo destrutivo(tanto quanto construtivo). Não tem relação com se tornar feliz ou melhor. Iluminação é a desconstrução da mentira. É ver através das pretensões. É a erradicação completa de tudo que se acredita ser verdade.” — Adyashanti

    MOOJI - Questionador: Mooji, é realmente possível se tornar ou ganhar a iluminação ? Alguém já se tornou iluminado ou despertou através de estar vindo a Satsang; e se sim, você poderia dizer quem ?
    Mooji: Em verdade não é possível se tornar iluminado assim como você coloca, pois não há ninguém por assim dizer para se tornar iluminado em primeiro lugar. O firme reconhecimento, ou a realização de que não existe em realidade um 'alguém' para alcançar a iluminação, e que nunca em tempo nenhum poderá haver tal entidade, seja agora ou no futuro, para alcançar tal estado, é o que vem a ser a Iluminação.Esta é a verdade derradeira.Você pergunta: ' Se já alguém, por vir a Satsang, se tornou desperto.' Isto já foi respondido na minha resposta prévia mas vou ainda adicionar que o que tém havido e continua a se dar é um constante reconhecimento do fato que a identidade-ego é um mito, um personagem fictício. Esta, por assim dizer, individualidade, é uma expressão da pura Consciência/Ser e não o fato ou a definição do Ser. Este Ser permanence por detrás como a testemunha ou a observação dos fenômenos surgindo espontaneamente na consciência. Este Ser verdadeiro é somente a sem-forma e sem-nome presença que surge e brilha como paz, alegria e felicidade sentidos como contentamento amoroso. Quando este reconhecimento ocorre dentro de cada indivíduo, ou expressão da consciência conhecido como 'pessoa', este estado é chamado de 'despertar' ou 'iluminação'Você me pede para eu apontar se existe alguém assim aqui presente ? Na linguagem comum eu direi que um número de pessoas aqui chegaram neste ponto de ver/ser claramente além de apenas uma mera aceitação ou entendimento intelectual ou acadêmico. No entanto, as tendências mentais e identificações não são completamente destruídas, e o sentido de ego fazendo-se passar pelo assento da realidade continua a aparecer, embora já exposto através da inquirição como uma mera ilusão. Isto é natural. A tarefa e o desafio aqui é trazer repetidamente esta individualidade-Eu de volta ao coração/fonte quando ela surgir, e treinando a atenção a permanecer na fonte, que é o seu verdadeiro ser, gradualmente ela funde-se na fonte e se torna a própria fonte.Finalmente, quem poderia ser esse 'eu' quem clamaria: 'Eu o tenho', ou 'Eu sou uma pessoa realizada'. Quem ou o que pode possuir a Iluminação ? Não é o mesmo ego ? Percebe o meu ponto ?No entanto, alguns Mestres de fato declararam e se afirmaram como a pura realidade, sem qualidades, e falaram a partir desta direta convicção/sabedoria livre do ego. Isto também é correto na minha visão e é muito refrescante, natural e com autoridade, para que saibamos que não é possível enmoldurar ou limitar o ser puro por nenhum padrão ou lógica humana.
    MOOJI

    ResponderExcluir
  34. Alsibar, minha esposa me perguntou se havia alguma mulher iluminada. Suponho que sim, porém contrariamente ao que se observa aqui no Brasil, onde a mediunidade no meio cardecistas é eminentemente feminina, no oriente só se ouve falar em gurus masculinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amigo tudo bem?

      Há sim- mas são mais raras. Anandmayi Ma e grandes místicas cristãs como Santa Tereza de Newman, Giri Bala... São alguns exemplos.

      Fraterabraços!

      Excluir
  35. Penso que isso decorra do machismo milenar que ainda impera no oriente.
    Grande abraço.
    Luiz

    ResponderExcluir
  36. Parabéns pelo seu blog, sua busca com certeza será abençoada, se já não estiver sendo. Muito interessante o artigo, demonstra um excelente conhecimento sobre a iluminação, que é um assunto que a sociedade deverá enfrentar ou se beneficiar num futuro distante do nosso. Se me permite, por gentileza, fazer um pequeno reparo no texto a respeito dos sonhos dos iluminados. Essas pessoas na verdade continuam sonhando a despeito de alguns afirmarem que não sonham. O que eles não tem mais são pesadelos. Eles perderam o medo da morte, pois eles mantêm-se vigilantes ante às ilusões do ego. Em relação aos ditos poderes, o que acontece é um pequeno aumento da sensibilidade física e mental e sensação de bem estar, mas nada que possa defini-los como milagreiros. Eles não fazem milagres, são mitos contados por seus seguidores com o intuito de algum ganho ou endeusamento para valorizar a figura do mestre. Alguns dormem pouco talvez porque a meditação lhes confira um relaxamento corporal ou porque não exigem muito do corpo ou por causa de sua constituição genética. Eles continuam tendo um ego, mas eles não são mais escravizados por ele, continuam inclusive tendo desejo sexual, afinal a iluminação não evita a fabricação de hormônios. O restante do texto está muito bom. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo por sua participação. Vou fazer algumas correções.

      Fraterabraços!

      Excluir
  37. Há relatos, mesmo que míticos, de milagres feitos por Buda. Ele não os realizava sempre ou com frequência, como Jesus, mas os realizava. Uma boa explanação está no livro do Jorge Luís Borges, "Borges Oral e Sete Noites".

    ResponderExcluir
  38. Eis que surge no cenário internacional um mensageiro da mesma envergadura do Krishnamurti e Osho:Jaggi Vasudev ou simplesmente: Sadhguru.



    https://www.youtube.com/shared?ci=vctAFJM9Nso

    ResponderExcluir